fbpx

O tema aborda a possibilidade de implementação de conceito Zero Energy Building no país, iniciando pelos prédios públicos, a partir de projetos realizados no país e em especial, o projeto a ser implementado na Universidade Federal de Pelotas, em um dos climas mais complexos do país. Este projeto foi contemplado em um edital do Procel/Eletrobras e receberá recursos para sua construção.

Neste tema, serão discutidos os conceitos ZEB, enfatizando a relação entre eficiência energética e geração localizada, a aplicação de novas tecnologias de gestão e automação baseadas em inteligência artificial e educação do usuário. O exemplo em questão busca desmistificar a ideia de que prédios eficientes custam muito mais caro. O objetivo final desta apresentação é refletir sobre a possibilidade de passos mais largos no rumo de edificações mais eficientes.

Objetivos de Aprendizagem

1- Identificar a relevância do projeto arquitetônico na eficiência energética
2- Identificar a importância da eficiência energética no conceito ZEB
3- Identificar os custos envolvidos em uma edificação ZEB no Extremo Sul
4- Identificar a viabilidade econômica de empreendimento ZEB

Palestrantes

Antonio Cesar Silveria Baptista da Silva
Docente e Coordenador Geral de OIA-EEE, Universidade Federal de Pelotas

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Pelotas (1991), mestrado em Engenharia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1994) e doutorado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina (2004). Professor da UFPel desde 1996. Ex-Diretor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (2006-2015). Tem experiência como consultor de empresas na área de eficiência energética, condicionamento natural e resfriamento evaporativo. Professor da Universidade Federal de Pelotas, Coordenador do Laboratório de Conforto e Eficiência Energética (LABCEE) e Coordenador do Laboratório de Inspeção de Eficiência Energética em Edificações (LINSE), membro da Secretaria Técnica Edificações (Eletrobras). Revisor da Revista Ambiente Construído – ANTAC – Associação Nacional de Tecnologia do Ambiente Construído e revisor do periódico Science and Technology for the Built Environment – ASHRAE – American Society of Heating, Refrigerating and Air Conditioning Engineering. Coordenador do projeto NZEB UFPel, contemplado pela Eletrobras.

Juliana Al-Alam Pouey
Doutoranda, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Pelotas (2007) e Mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Pelotas (2011), na área de conhecimento, Qualidade e Tecnologia do Ambiente Construído, atuando principalmente nos seguintes temas: arquitetura bioclimática, conforto térmico, eficiência energética em edificações (RTQ-C, RTQ-R e RAC) e simulação computacional termoenergética. Foi Professora Substituta na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da UFPel ministrando disciplinas do Departamento de Tecnologia (2016-2018). Atualmente é Doutoranda do PPGCI/UFRGS e Gerente Técnica e Inspetora do LINSE – Laboratório de Inspeção de Eficiência Energética em Edificações da UFPel, acreditado pela Cgcre do Inmetro para Inspeção de Edificações Comerciais, Públicas e de Serviços, sob o nº OIA/EEE 003.